Horta Orgânica

A pedagogia de projetos visa transformar um espaço em um local vivo com interações, aberto a coisas reais e suas múltiplas dimensões. Apresentar novas estratégias, sugerir atividades com soluções praticas e bem sucedidas com experimentos testados e aprovados por diferentes grupos de alunos em suas mais variadas faixas etárias. Educadores, monitores, professores e educados engajam-se na luta comum por uma educação inovadora, prazerosa, justa e de muita qualidade.

Em busca de uma vida mais saudável e equilibrada com maior longevidade é fundamental uma alimentação de melhor qualidade, visando o bem estar físico, mental e social das pessoas. As hortaliças e frutas produzidas num meio orgânico são agentes reguladores e seus benefícios são comprovados cientificamente, portanto seu consumo deve ser incentivado desde a infância.

A agricultura orgânica ou sustentável não pode ser considerada um sistema de produção e sim um conjunto de práticas agrícolas, que procura atingir objetivos por intermédio de conceitos de auto-sustentabilidade. O manejo dos recursos naturais, a não utilização de agrotóxicos agressivos a natureza humana, nem ao meio ambiente, propiciam a diversidade biológica e nos fazem enveredar pelo caminho da cultura e cultivo ecológico.

A horta é o local onde cultivaremos as hortaliças, popularmente conhecidas como verduras e legumes. Diariamente precisa da interferência das pessoas, já que aguar os canteiros plantados, eliminar as pragas e ervas daninhas são práticas corriqueiras. Podemos preparar as atividades em função das nossas necessidades de consumo ou mesmo de aprendizagem. Uma horta escolar ou institucional pode ser feita para fins didáticos plantando se vários produtos em diferentes canteiros. A definição do que plantar será decisão tomada em função dos objetivos acima citados.

Em nossas aulas de campo fazemos dos canteiros um local de manejo do solo, preparando a terra, semeando, usando os compostos orgânicos produzidos em nossas dependências como misturador e enriquecedor da terra, considerando sempre que a quantidade do composto deverá levar em consideração a também quantidade de micro organismos existentes naquele local. Feita essa preparação, usando as técnicas adequadas, passamos para uma próxima fase que é o cuidado com a umidade dos canteiros, os quais para diferentes tipos de cultura exigem diferentes irrigações. A quantidade de luz, para cada tipo de produto plantado também deve ser considerada, já que cada hortaliça cultivada tem características próprias   

A base da saúde è a nutrição e a matéria prima é o alimento.

O Lacuca partindo da premissa que é dever de todos procurar o equilíbrio ecológico desenvolve palestras e fóruns com vídeos e fotos ressaltando as diferentes formas de plantio e produtos que a natureza coloca a nossa disposição e também como devemos utilizar esses recursos nas hortas orgânicas. Segue abaixo sinopse das atividades programadas.

Programação de palestras e fóruns

Historia/Geografia - Pesquisar por regiões Tipos de plantações cultivadas, Fim que se destinam. Montagem de mural- recorte de gravuras, jornais, etc. Pesquisar culinária para alimentos cultivados, bem como reaproveitamento de cascas e sementes.

Matemática – Dimensões de canteiros, figuras geométricas, profundidade das covas, espaços entre sementes, confecção de mapa do plantio tamanho e forma de produtos colhidos.

Ciências – Tempo, temperatura de solo para germinação, clima, período para plantio

Português – Frases, redações do começo do plantio até a colheita.

 

Objetivos: Despertar o interesse dos alunos pelo processo de germinação e cultivo

 Conscientização de uso e cultivo de alimentos saudáveis

 Criar áreas verdes

Preparo de canteiros

Contato com sementes

Conhecer diferentes tipos de adubos orgânicos

 Promover vivencia in Loco

 Revolver a terra, plantar, semear, eliminar pragas, podar, regar, representam formas saudáveis de aprendizado em contato direto com a natureza.

 

Resultados esperados: Integração de todos envolvidos no projeto, melhorando a sociabilidade dos alunos, desenvolvendo habilidades e principalmente conscientizá-los da importância de lidar com os recursos naturais. Resgatar o equilíbrio ecológico

  

 

 <<Voltar